Arquivo mensal outubro 2018

Vereador Júnior Tapajós demonstra preocupação com fusão de ministérios

Durante sessão ordinária desta quarta-feira, o vereador Júnior Tapajós levou a tribuna um sério questionamento em relação a possível fusão entre os Ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura, proposta pelo novo presidente eleito Jair Bolsonaro.

Vereador Júnior Tapajós demonstra preocupação com fusão de ministérios

O parlamentar deixou claro que, trata-se de duas coisas que não se misturam, um ministério está para fiscalizar o serviço do outro. De acordo com ele, é bem verdade que a agricultura e a pecuária são importantes motores do nosso país, já que no nosso dia a dia consumimos produtos vindos da agricultura e da pecuária, mas é necessário ter um órgão fiscalizador, como a maioria das instituições tem.

“Fundir esses dois ministérios é reafirmar o que o presidente eleito disse em sua campanha: “que iria acabar com as reservas, que iria acabar com as demarcações dos territórios indígenas e quilombolas”. Disse o vereador.

Lembrou ainda que vivemos em uma região onde boa parte da população depende da floresta, depende da caça, da pesca, depende dos rios e que a partir do momento que se funde dois importantes ministérios, está se comprovando, mais uma vez, o discurso de campanha do presidente eleito, onde a minoria não terá vez.

“Esta possível fusão é algo ruim para o Brasil, para nós que vivemos nessa região onde temos uma população de pequenos agricultores que sobrevive da agricultura familiar”. Afirmou ele.

Júnior disse ainda que, não podemos aceitar o esmagamento da população vinda de fora para dentro, por isso trata esse assunto com muita preocupação e ao mesmo tempo convida aqueles que se sensibilizam e se preocupam com o futuro da Amazônia, que assinem a petição pública que diz não a fusão dos ministérios, no site www.peticaopublica.com.br, onde mais de 500 mil cidadãos brasileiros já assinaram, assim como ele, em defesa da nossa Amazônia em defesa de nossa terra.

Finalizando sua fala, fez um breve contraponto com o novo governo do Pará, onde a realidade é bem diferente. Um dia após as eleições, o governador eleito, Helder Barbalho, já estava em Brasília buscando recursos para a região. Na companhia do prefeito Nélio Aguiar, reuniu com a bancada federal e solicitou recursos dos deputados federais paraenses, através de emenda impositiva no orçamento da união 2019, para a execução de obras em nosso Estado, em especial para a conclusão do Hospital Materno Infantil de Santarém. Um sonho de toda região oeste paraense ver esse hospital funcionando. Concluiu o vereador!

ASCOM Vereador Júnior Tapajós

 

Sessão especial destaca os 70 anos do rádio em Santarém

Na tarde desta terça-feira a câmara municipal de Santarém realizou sessão especial alusiva aos 70 anos do rádio em nosso município, de autoria do vereador Roan Liberal Júnior, para homenagear os 70 anos do rádio em Santarém.

Sessão 70 anos rádio Stm

Durante a solenidade momentos históricos do rádio foram relembrados, como a implantação da primeira rádio da cidade, os primeiros profissionais e a maneira como se desdobravam para cumprir a missão de levar a informação aos seus ouvintes.

Na oportunidade alguns profissionais do ramo foram agraciados com diplomas de reconhecimento pelos serviços realizados no rádio santareno. Entre eles o Sr. Raimundo Carlota o “Mundão”, que há mais de duas décadas atua como operador de áudio e o repórter Armando Carvalho, que por décadas se destacou como “Repórter Celuluar”, que receberam a homenagem das mãos do vereador Júnior Tapajós.

Pelo menos cinco empresas foram agraciadas com placas de reconhecimento pelo brilhante trabalho que realizam no rádio santareno.

 

Vereador se diz entusiasmado com o novo governo do Pará

Ao fazer uso da tribuna na tarde desta segunda-feira, o vereador Júnior Tapajós fez um breve balanço do que foi as eleições 2018, que definiu os mais novos representantes Federais e Estaduais. De acordo com o parlamentar, agora o Estado terá um governo realmente presente.

“Helder sempre foi uma pessoa presente em Santarém, seja como ministro ou cidadão paraense. Como ministro foi importantíssimo na liberação de recursos federais, o que possibilitou que Santarém tivesse uma via de escape diante da ausência do governo do Estado”. Afirmou o vereador.

Júnior Tapajós destacou ainda que, da expressiva votação que o governador eleito teve de 2.068.319 votos, 102.470 deles foram registrados em Santarém, motivo suficiente para Helder reafirmar cada vez mais o compromisso que já tem com o nosso município.

“Como cidadão santareno estou muito entusiasmado com o governo de Helder. Sofremos juntos as dificuldades por várias vezes, vim a esta tribuna denunciar a ausência do atual governador, em relação as obras paradas, obras que só andavam em tempo de eleição”. Disse Tapajós.

Segundo ele, um novo tempo chegou e com ele a esperança que agora Santarém seja tratada como pérola do Tapajós.

Ainda sobre o novo cenário político, formado por conta do último pleito eleitoral, o vereador destacou o crescimento do Partido Republicano, (PR), que agora tem um vice-governador, o Deputado Federal Lúcio Vale, presidente do PR, um forte aliado no novo governo, que ainda como deputado já contribuiu com emendas que ultrapassam R$ 1 milhão, para Santarém.

Além do vice-governador, foram eleitos o Deputado Federal Cristiano Vale, o 2º mais votado no Pará com 176 mil votos; três deputados estaduais: Renato Ogawa, Antônio Tonheiro, Alex Santiago, ficando ainda na primeira suplência com 26.286 votos, sendo 19.566 somente de Santarém, o ex-vereador, ex-presidente do poder legislativo e atual vice-prefeito do município, José Maria Tapajós.

“Em nível nacional, o PR se manteve com com a sexta maior bancada na Câmara Federal com 32 deputados, e no senado estará representado por 2 senadores”. Finalizou o vereador.

 

Vereador busca parcerias para empreendedorismo nos bairros e comunidades

Na tarde desta quarta-feira, o vereador Júnior Tapajós, juntamente com sua equipe de gabinete, participou de uma importante reunião com Michel Martins, Gerente Regional do SEBRAE em Santarém, em busca de parcerias para ações que possam ser aplicadas nos bairros e comunidades de Santarém.

Reunião cursos SEBRAE

O objetivo dessas ações é poder estimular o espírito empreendedor e ao mesmo tempo ensinar os caminhos para que a população possa utilizar os serviços oferecidos por várias instituições do nosso município, e que muitas vezes são desconhecidos.

O resultado da reunião foi positivo, o SEBRAE Santarém dispõe de uma variedade de cursos que possibilitam desde a legalização do pequeno empreendedor de um bairro até a capacitação de pessoas interessadas em ingressar no mercado de trabalho de maneira profissional.

De acordo com Júnior Tapajós, mais parceiros devem integrar este projeto e outros que estão sendo idealizados via gabinete, como forma de incentivar a população a buscar as inúmeras possibilidades de ingressar no mercado de trabalho ou abrir seus empreendimentos.

“Teremos alguns cursos básicos a oferecer em bairros e comunidades a serem selecionados conforme demanda. A ideia é criar um sistema de rotatividade entre eles, de forma a atender a maioria que se encaixar no perfil da nossa proposta”. Concluiu o parlamentar.

 

Vereador lamenta a falta de representação para Santarém por mais quatro anos

Agora teremos mais uma vez que contar com o apoio dos deputados de fora para nos ajudar.

Fazendo uso da tribuna em mais uma sessão ordinária, o vereador Júnior Tapajós fez uma breve análise sobre o pleito eleitoral realizado no último domingo, onde enfatizou que mais uma vez a população teve a chance de mudar a situação de Santarém e não o fez. Mesmo com mais de 218 mil eleitores, o município novamente ficou sem representação na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, por mais quatro anos.

Vereador lamenta falta de representatividade

Vereador lamenta falta de representatividade                                                                                                                                                                                               Fonte: internet

Tapajós disse ainda que pelo menos 06 candidatos da nossa cidade brigaram até o último momento pela eleição, mas não tiveram voto suficiente para se eleger, diferente de outros que apenas buscavam testar sua elegibilidade, mas que não queriam compromisso sério com o município.

O parlamentar lembrou ainda que, a oposição que reclama do prefeito, esquece que a falta de representação política do município nas esferas Federal e Estadual, é o principal reflexo da falta de apoio deles mesmos para os candidatos da nossa cidade, que passam a apoiar meros aventureiros, sem compromisso com Santarém. Júnior Tapajós deixou claro que, não é proibido que candidatos de fora peçam votos aqui, desde que tenham de fato trabalho para mostrar por nossa cidade.

Lembrou ainda que, infelizmente até mesmo instituições representativas saíram favoráveis a candidatos de fora da cidade, mas depois voltarão ao mesmo discurso da reclamação da falta de verba, da falta de apoio a nossa cidade. Agora, disse o vereador, teremos mais uma vez que contar com o apoio dos deputados de fora para nos ajudar.

Em sua fala o parlamentar agradeceu os 26.286 mil votos confiados ao candidato a Deputado Estadual José Maria Tapajós, que apesar de não ter sido eleito, conquistou a primeira suplência do PR.

Finalizando sua fala, o vereador enfatizou que ainda temos o segundo turno de votação e a oportunidade de eleger um novo governo para nosso Estado.

“A escolha mais uma vez está em nossas mãos, cabe a cada um de nós eleger o projeto que queremos para o Pará: o que está em andamento há 8 anos ou um projeto novo com possibilidades de grandes mudanças?” Concluiu o vereador.