Arquivo mensal abril 2019

Vereador Júnior Tapajós destaca busca por melhorias para o serviço de hemodiálise na região

Iniciando os trabalhos da semana, o vereador Júnior Tapajós, (PR), levou a tribuna um resumo sobre a Audiência Pública, realizada semana passada, para debater sobre os Serviços de Nefrologia da Região do Baixo Amazonas e Tapajós.

Foto: internet

Segundo o parlamentar, a informações repassadas pelo presidente da Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Oeste do Pará, Miguel Maciel, a audiência foi proveitosa e cada associação presente relatou um pouco sobre o funcionamento do serviço de 2012 até os dias atuais e de que forma tem agravado, com máquinas obsoletas em funcionamento há mais de 7 anos.

A audiência gerou como encaminhamento a criação de uma Câmara Técnica, composta por membros do MP, Conselho, Associação dos Renais Crônicos, Poder Legislativo e Sociedade Civil organizada, para traçar um plano de entrega do serviço de hemodiálise para o Estado. Foi solicitado também, um relatório técnico da Vigilância Sanitária Estadual, sobre o serviço de hemodiálise em Santarém, o que ajudará na aprovação das melhorias.

 

Coleta e reciclagem de lixo doméstico em Santarém é possível?

Na última segunda-feira (22), protocolei na Câmara uma indicação para que a Prefeitura de Santarém firme parcerias com empresas, entidades ou pessoas físicas, para instalação de lixeiras e também para a coleta de lixos domésticos para reciclagem, sendo assim, matéria deverá ser votada já na próxima semana e caso seja aprovada, e vamos trabalhar pela aprovação, estarei marcando um encontro com o Prefeito Nélio Aguiar e o Vice-prefeito José Maria Tapajós para debatermos como executar o projeto em nosso município.

A verdade é que estamos enterrando dinheiro, e o mais importante, cada vez mais estamos prejudicando o meio-ambiente com a nossa cultura de misturar lixo reciclável e lixo orgânico, tudo na mesma lixeira para o “carro do lixo” levar para o aterro sanitário e transformar aquilo que poderia gerar dinheiro e postos de trabalho em um grande problema para natureza porque o tempo médio de decomposição de materiais sólidos pode chegar a mais de 1000 anos, confira:

Tempo médio para decomposição de materiais sólidos na natureza

Papel → 3 a 6 meses
Pano → 6 meses a 1 ano
Filtro de cigarro → Mais de 5 anos
Madeira pintada → Mais de 13 anos
Náilon → Mais de 20 anos
Metal → Mais de 100 anos
Alumínio → Mais de 200 anos
Plástico → Mais de 400 anos
Vidro → Mais de 1000 anos
Borracha → Indeterminado

Portanto, como demonstrado acima, uma aparente inofensiva sacolinha de supermercado leva em média 400 anos para se decompor, contaminando o solo e matando animais nas florestas, rios e mares, sendo que esse é apenas um dos problemas conforme relato no meu canal no YouTube, assista.

E então o que você achou dessa proposta? Tenho certeza que avançando nesse tema, muito em breve teremos uma cidade mais limpa, com menos problemas ambientais e com mais postos de trabalho, e se você tem alguma sugestão ou crítica mande para o e-mail gabinete@juniortapajos.com.br ou utilize as minhas redes sociais.

Júnior Tapajós – PR
Vereador de Santarém

 

Vereador Júnior Tapajós acompanha SEMED em visita técnica a escolas do Arapiuns

Ao fazer uso da tribuna nesta quarta-feira, 24, o vereador Júnior Tapajós avaliou compositiva a visita técnica realizada pela secretaria de educação as comunidades de Fé em Deus; Prainha; Vista Alegre; Repartimento, Mariazinha e Aracati, Região do Arapiuns.

Visita SEMED Arapiuns

Segundo o vereador, a finalidade da visita foi conhecer as reais dificuldades enfrentadas pelos moradores daquela região, para ter acesso a escola, transporte e merenda escolar, e saber de que forma estão sendo atendidos pelo corpo docente.

Durante a visita, a Secretária de educação, Mara Belo, confirmou a parceria da SEMED com algumas comunidades que necessitam da construção de prédios escolares, uma vez que algumas utilizam sedes da igreja e associações como sala de aula.

Tapajós disse ainda que, a presença do governo nas comunidades é muito importante e faz toda diferença.

“A presença da SEMED nessas comunidades distantes do Arapiuns faz com que essas pessoas possam ter a certeza que, mesmo distante podem contar conosco”, afirmou ele.

Pelos menos duas comunidades ainda devem receber a visita técnica, em data a ser definida.

 

Comunidades do Arapiuns serão contempladas com ensino médio; Há 6 anos vereador Júnior Tapajós acompanha a luta

A primeira reunião do Conselho Comunitário da Resex Tapajós/Arapiuns aconteceu sábado, (13), na comunidade Mentae, rio Arapiuns e contou com lideranças de 48 comunidades. Entre as pautas debatidas, o vereador Júnior Tapajós repassou a informação que a comunidade já espera há pelo menos 18 anos, a implantação do ensino médio.

Foto: ASCOM Ver Júnior Tapajós

Segundo a diretora da Escola São Sebastião, Marilange Pereira, esta é uma luta de décadas que chegou ao fim e que atenderá pelo menos 9 comunidades da região. Pessoas que concluíram o ensino fundamental em 2001, agora terão a oportunidade de continuar seus estudos dentro da própria comunidade.

“A chegada do ensino modular em nossa região irá fortalecer nossas comunidades. Agora os pais poderão realizar o sonho de ver seus filhos concluindo os estudos sem ter que dividir a família, que é o que acontece na maioria das vezes com aqueles que arriscam a mandar seus filhos para a cidade, sem condições de manter esses adolescentes por lá”, disse a diretora.

De acordo com o vereador júnior Tapajós, que há pelo menos 6 anos acompanha a luta da comunidade pelo ensino médio modular, a persistência da comunidade e direção escolar, foi fundamental para que esse dia de vitória chegasse.

“Com a mudança do Governo do Estado, conseguimos avançar nesta pauta, sempre com a ajuda de parceiros importantes como a Organização Tapajoara, 5ª URE, Câmara, Prefeitura, ICMbio e da própria comunidade”, afirmou o vereador.

A expectativa é que, ainda neste primeiro semestre as turmas estejam em pleno funcionamento. O levantamento feito pela diretora da escola aponta que, pelo menos 100 alunos serão contemplados com o ensino médio, formando as duas primeiras turmas a atender as comunidades do Arapiuns.

 

Escola é contemplada com obras de melhoria; solicitação foi feita ano passado pelo vereador Júnior Tapajós

A notícia da contemplação da obra de melhoria, para a escola São Francisco, da comunidade de Igarapé-Açú do Ituqui, foi repassada esta manhã, (10), pela própria secretaria de educação, Mara Belo, as lideranças da comunidade, diretora da escola, professora Rubeni Silva Soares e vereador Júnior Tapajós, que acompanha a solicitação desde o ano passado, quando o requerimento foi protocolado na SEMED.

Foto: ASCOM Ver. Júnior Tapajós

De acordo com a gestora, a solicitação será atendida ainda este ano, a obra já foi licitada faltando apenas, a empresa ganhadora da concorrência entregar o material para que os trabalhos comecem.

Júnior Tapajós disse que, a expectativa agora é que o trabalho possa ficar pronto, e que os estudantes da comunidade possam ter mais conforto em sala de aula.

“O atendimento da nossa solicitação nos estimula cada vez mais a continuar fazendo o nosso papel de parlamentar, que é o de interceder pela população junto aos órgãos competentes. Agora é aguarda a conclusão dos trabalhos e oferecer um pouco mais de conforto e qualidade para essas crianças”, concluiu ele.

 

 

Vereador Júnior Tapajós participa de reunião para orientar sobre IPTU e atualização de Cadastro imobiliário

Encerrando a agenda desta terça-feira, (09), o vereador Júnior Tapajós, (PR), convidado pela diretoria da associação de moradores do Jutaí, participou de uma reunião de orientação sobre IPTU e atualização de cadastro imobiliário, uma ação que faz parte do projeto “ IPTU EM DIA, SANTARÉM MELHOR TODOS OS DIAS”, realizado pela Secretaria de Gestão, Orçamento e Finanças, para levar mais informações a população santarena sobre como é empregado o dinheiro arrecadados com esses impostos.

Foto: internet

De acordo com o parlamentar, o objetivo do projeto é esclarecer a importância dos impostos e de que forma a arrecadação feita, volta para a população em forma de benefícios.

“O esclarecimento foi além dos benefícios, ficou claro também para os moradores do Jutaí que, a inadimplência deixa um rombo muito grande no orçamento do município, sendo assim o que entra não supre as demandas existentes”, esclareceu Tapajós.

 

 

Vereador Júnior Tapajós pede agilidade do Governo Federal na substituição de médicos nas comunidades do interior

Em seu pronunciamento desta terça-feira, (09/04), o vereador Júnior Tapajós, (PR), expressou na tribuna preocupação com a demora na substituição de médicos, do programa “Mais Médicos”, nas comunidades. De acordo com o parlamentar, a política adotada pelo atual governo Federal, mesmo antes de tomar posse, está prejudicando principalmente as regiões interioranas.

Foto: internet

“A retirada brusca dos médicos estrangeiros do programa, sem outra alternativa, causou um grande impacto na região de rios. Atualmente a Secretaria de Saúde tem que abrir vários editais de chamada, para encontrar candidatos que queiram vir para as comunidades e, na maioria das vezes os que aceitam o desafio acabam desistindo antes mesmo de chegar à região”, disse o vereador.

Júnior Tapajós lembrou ainda que é um problema que precisa ser solucionado e que, apesar de ter sido criado na esfera federal, quem está na base é quem sente as dificuldades de não ter médico nessas regiões.

Na região do Lago Grande, a expectativa é que a comunidade Vila Socorro receba médico ainda esta semana, já Vila Curuai, possivelmente terá que aguardar nova chamada, uma vez que o médico selecionado para estar na comunidade não se apresentou até o momento.

“Lamento muito que até este mês de abril, essas comunidades ainda estejam desassistidas, tudo por uma precipitação do Governo Federal. A saúde básica está seriamente comprometida, por consequência acaba aumentando a demanda dos postos de urgência, emergência e até mesmo de alta complexidade, que é o caso da UPA 24h e Pronto Socorro Municipal”, desabafou o parlamentar.

Finalizando sua fala, Tapajós reiterou o pedido feito no ano passado, solicitando o programa “Mais Médicos” para a região do Arapiuns, nas comunidades de Vila Gorete e Cachoeira do Aruã. Comunidades que possuem estrutura necessária para receber os profissionais e podem possibilitar ainda o atendimento às comunidades da Resex Tapajos/Arapiuns.