Coleta e reciclagem de lixo doméstico em Santarém é possível?

Na última segunda-feira (22), protocolei na Câmara uma indicação para que a Prefeitura de Santarém firme parcerias com empresas, entidades ou pessoas físicas, para instalação de lixeiras e também para a coleta de lixos domésticos para reciclagem, sendo assim, matéria deverá ser votada já na próxima semana e caso seja aprovada, e vamos trabalhar pela aprovação, estarei marcando um encontro com o Prefeito Nélio Aguiar e o Vice-prefeito José Maria Tapajós para debatermos como executar o projeto em nosso município.

A verdade é que estamos enterrando dinheiro, e o mais importante, cada vez mais estamos prejudicando o meio-ambiente com a nossa cultura de misturar lixo reciclável e lixo orgânico, tudo na mesma lixeira para o “carro do lixo” levar para o aterro sanitário e transformar aquilo que poderia gerar dinheiro e postos de trabalho em um grande problema para natureza porque o tempo médio de decomposição de materiais sólidos pode chegar a mais de 1000 anos, confira:

Tempo médio para decomposição de materiais sólidos na natureza

Papel → 3 a 6 meses
Pano → 6 meses a 1 ano
Filtro de cigarro → Mais de 5 anos
Madeira pintada → Mais de 13 anos
Náilon → Mais de 20 anos
Metal → Mais de 100 anos
Alumínio → Mais de 200 anos
Plástico → Mais de 400 anos
Vidro → Mais de 1000 anos
Borracha → Indeterminado

Portanto, como demonstrado acima, uma aparente inofensiva sacolinha de supermercado leva em média 400 anos para se decompor, contaminando o solo e matando animais nas florestas, rios e mares, sendo que esse é apenas um dos problemas conforme relato no meu canal no YouTube, assista.

E então o que você achou dessa proposta? Tenho certeza que avançando nesse tema, muito em breve teremos uma cidade mais limpa, com menos problemas ambientais e com mais postos de trabalho, e se você tem alguma sugestão ou crítica mande para o e-mail gabinete@juniortapajos.com.br ou utilize as minhas redes sociais.

Júnior Tapajós – PR
Vereador de Santarém

 

2 Comentários até agora

NilzilenePostado em8:18 am - maio 27, 2019

Ótima iniciativa. Eu já venho separando meu lixo em casa e espero que vire um hábito de todos.

Deixe uma resposta