Lei de autoria do vereador Júnior Tapajós obriga transportes coletivos a fixarem número para reclamações ou sugestões

O Projeto de Lei de autoria do vereador Júnior Tapajós, que tramita na casa legislativa desde abril deste ano, foi aprovado em plenário na última segunda-feira, (21), e agora segue para sensação do prefeito Nélio Aguiar.

Lei de autoria do vereador Junior Tapajos obriga transportes coletivos a fixarem numero para reclamacoes ou sugestoes

O projeto dispõe sobre a obrigação das empresas de transportes coletivos de Santarém a colocarem na parte traseira, laterais e interior de seus veículos, os números de telefones para sugestões ou reclamações, disponibilizados pela prefeitura de Santarém, através da Secretaria responsável pelo trânsito no município.

De acordo com o autor da Lei, as empresas terão o prazo de 90 dias para o cumprimento desta determinação, aquelas que não cumprirem os requisitos da lei, serão proibidos de rodar para fazer o serviço de transporte de passageiros, assim como pagarão multa diária.

Para Júnior Tapajós, esta lei é um mecanismo que chega com a intenção de ajudar a população santarena que necessita do transporte público diariamente, criando um canal direto com a secretaria responsável pelo trânsito, possibilitando assim sanar os problemas corriqueiros que os usuários enfrentam no dia a dia.

“A ideia é justamente possibilitar esse contato direto entre usuários e responsáveis pela organização do trânsito em nossa cidade, uma espécie de central de atendimento ao consumidor, para tentar amenizar os problemas que sabemos que ocorrem em relação ao transporte coletivo de passageiros”, disse o vereador.

 

Deixe uma resposta