Marinha forma 60 novos profissionais da navegação: o curso de atualização dos marinheiros teve o apoio do vereador Júnior Tapajós.

A formatura que diplomou 30 novos Marinheiros Fluviais de Convés e 30 Marinheiros Fluviais de Máquinas aconteceu na última quarta-feira, (30), na Capitania Fluvial de Santarém. Foram três meses de curso, entre teoria e prática, que possibilitou a esses profissionais dar mais um passo à frente na segurança da navegação em nossa região.

Marinha forma 60 novos profissionais da navegação: o curso de atualização dos marinheiros teve o apoio do vereador Júnior Tapajós.

Com a atualização, os Auxiliares de Convés, que pilotavam embarcações com capacidade para 10 toneladas, passaram a Marinheiros Fluviais de Convés, e agora estão aptos a pilotarem embarcações com a capacidade de até 50 toneladas de carga. Os Auxiliares de Máquinas, que trabalhavam com motores de atém 200hp’s, agora como Marinheiros Fluviais de Máquinas, passam a trabalhar com embarcações de motores até 700hp’s.

Estiveram presentes na solenidade os principais apoiadores do curso, entre eles o professor César Gomes Portela, Diretor da Escola Aparecida, onde o curso foi realizado e o Vereador Júnior Tapajós, (PL), que foi o articulador, junto com a Associação do Armadores Fluviais do Baixo Amazonas, da organização do curso, que começou muito antes, com a conclusão do 1º grau de boa parte dos condutores fluviais, requisito obrigatório para a matricula no curso da marinha.

Concluindo o 1º grau

Para cumprir com a exigência básica para a matricula do curso junto a Marinha, a Associação dos Armadores procurou o vereador Júnior Tapajós, solicitando ajuda na busca de instituições que pudessem realizar a conclusão do 1º grau no menor tempo possível, para os armadores que ainda não tinham o diploma. O parlamentar buscou informações junto a Coordenadora do Centro de Educação de Jovens e Adultos CEEJA, professora Eny Cristina Pires Fernandes, que de imediato se prontificou a ajudar a turma, realizando inscrição para os exames e fornecendo os conteúdos a serem estudados para a realização do exame. Foram quase dois meses de estudos até a realização da prova, onde todos tiveram êxito e receberam seus diplomas de conclusão do Ensino Fundamenta, ficando aptos para o curso de atualização da carteira fluvial, junto a Marinha.

 

Deixe uma resposta