Projeto de Lei pede inclusão de interprete de sinais em sessões e eventos oficiais da Câmara

Esta tarde o vereador Júnior Tapajós usou a tribuna para dar ênfase ao projeto de lei, por ele apresentado em agosto do ano passado, que dispõe sobre a obrigatoriedade da inserção do intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), em todos as sessões legislativas e eventos públicos oficiais realizados na Câmara Municipal de Santarém.

Foto: internet

Segundo o parlamentar o objetivo é garantir mecanismos de ampliação da inclusão social das pessoas com deficiência auditiva.

“A inclusão dessas pessoas representa a inclusão de uma parte da sociedade que muitas vezes fica isenta de informações importantes deste poder, por falta de acessibilidade”. Afirmou o vereador!

Júnior Tapajós lembrou ainda que, hoje com a transmissão das sessões ordinárias pela internet, a possível inclusão de intérpretes alcançará um público muito importante, que são os deficientes auditivos.

 

Deixe uma resposta