Vereador Júnior Tapajós leva proposta de empreendedorismo a agricultores da região do Lago Grande

A proposta de alavancar os trabalhos da agricultura familiar através do cooperativismo foi apresentada pelo vereador que, buscou a parceria da Coordenadoria da Produção Familiar, CIPROF, para mostrar aos agricultores da região do Lago Grande que já trabalham com a agricultura familiar, quais os benefícios que uma cooperativa pode trazer, quando o trabalho é feito com assistência técnica e suporte financeiro para buscar ferramentas de trabalho mais modernas, como a mecanização. “A ideia é mostrar para os agricultores que o meio de produção pode avançar através do cooperativismo, o que agregará valor ao trabalho que já é feito, dando também a possibilidade de se chegar mais longe, ultrapassando as barreiras da comunidade”, disse o vereador.

Vereador Júnior Tapaós na comunidade Aracy, região Lago Grande

Uma roda de conversa com profissionais do ramo, esclareceu quais os meios necessários para se alcançar resultados satisfatórios, que vão desde a melhoria da qualidade do solo, até o aumento da produção. De acordo com Juvenal Silva, Chefe da Divisão da Agricultura Familiar, os primeiros resultados podem ser vistos com uma simples correção do solo. “Assistência técnica é o começo de tudo, porém temos outras ferramentas que podem melhorar muito mais a produção familiar, e hoje estamos aqui para falar do cooperativismo e o acesso a mecanismos de financiamento”, disse o Chefe da Divisão.

O exemplo da comunidade de Boa Esperança foi apresentado pelo Assessor Distrital, Tarcísio Rabelo. Segundo ele, o trabalho de construir uma cooperativa é extenso, porém muito satisfatório. “ Nossa cooperativa, a CoopBoa, atravessou várias fases até chegar na realidade que se encontra hoje, muito satisfatória e já com grandes avanços, como u trabalho mecanizado e uma colheita mais que dobrada”, exemplificou ele.

 

Deixe uma resposta